07 dezembro 2011

Projeto Verão: 8 Dicas para ficar com o corpo em forma!

1) Quais as dicas para chegar ao verão com o corpo em forma?
A dica mais importante é começar agora. Não existe uma forma rápida e duradoura de mudar o corpo, pois ele é reflexo do estilo de vida. Se os hábitos não são adequados, não será um projeto verão que deixará alguém com aquele corpo sarado que sempre sonhou. Mudar o contorno corporal é um processo demorado, difícil e que requer esforço, tanto nos exercícios quanto no controle da alimentação. Por isso, comece cuidando da saúde, incluindo no dia a dia hábitos saudáveis, como alimentação equilibrada, rica em proteínas, vitaminas e fibras, sob a orientação de um nutricionista, além de manter a persistência e constância nas atividades físicas.
2) Quais os exercícios mais procurados nessa época do ano?
Nesta época de calor, o objetivo da maioria das pessoas é queimar gordura e emagrecer. Por este motivo, as esteiras e equipamentos cardiovasculares são os mais procurados e disputados. No entanto, o que muitos não sabem é que talvez estas não sejam as atividades mais indicadas para perder gordura, porque se o exercício aeróbico não for realizado de maneira correta, numa intensidade recomendável, o resultado desejado pode não ser obtido. O mais indicado é combinar um trabalho resistido (como a musculação) ao trabalho cardiovascular intervalado, de alta intensidade, a fim de aumentar o gasto calórico de cada sessão de treino e potencializar os resultados.
3) Existe algum tipo de alimento mais indicado para ser consumido antes ou após os exercícios?
Antes dos exercícios é aconselhável ingerir carboidratos de médio a baixo índice glicêmico. Após o treino, o corpo precisa repor a energia rapidamente, então o ideal é a ingestão de carboidratos com maior índice glicêmico, como os açúcares.
4) Durante as atividades é melhor consumir água ou isotônico?
Depende. Para atletas, o isotônico é o melhor a ser consumido, por ter vantagens em relação à água. Ele contém alguns carboidratos eletrólitos que auxiliam na hidratação e age mais rapidamente do que a água, porém é uma bebida com alto índice de sódio.
5) Quais os cuidados necessários para quem prefere praticar atividade física no calor, principalmente ao ar livre?
O cuidado essencial é não praticar as atividades físicas sob o sol forte, que compreende o período entre 11h e 15h. Usar roupas que permitem a troca de calor com o ambiente, hidratar-se com frequência e evitar o excesso de exposição ao sol, também são cuidados que devemos ter nesta época do ano. E mesmo quando o tempo estiver nublado, não esquecer do protetor solar e de um boné.
6) Qual o melhor horário para a prática de atividades físicas nesta época do ano? Ou o horário não interfere?
O horário interfere e muito. Por isso, é necessário evitar os horários de sol muito forte. Então, quem escolher o período da manhã, deve dar preferência a praticar a atividade física até as 8h30. Se optar pela tarde, o mais indicado é após as 17 horas. Nesses horários a temperatura mais amenza propicia uma sessão de treino mais agradável e proveitosa, sem sofrimentos desnecessários em função do clima.
7) Assim como no inverno, o alongamento também é tão importante no verão? Por que?
O alongamento e o aquecimento são de extrema importância para o bom funcionamento do corpo durante a atividade física, independente da estação do ano. Não deixe de alongar-se antes do exercício com movimentos lentos que explorem toda a amplitude das articulações, o chamado alongamento dinâmico. Logo após faça de cinco a dez minutos de atividade aeróbica de baixa intensidade para complementar o aquecimento. Após terminar a atividade física, é necessário trazer o corpo de volta ao estado de repouso, de forma gradual. Para isso, faça mais cinco a dez minutos de exercícios de baixa intensidade, como por exemplo um trote leve e alongamentos estáticos.
8) É verdade que no verão queimamos calorias mais rapidamente pelo fato de suarmos mais?
Não é verdade. Suar não é um indicativo de gasto calórico. O suor é uma ferramenta de controle da temperatura corporal, ou seja, é um sinal de que seu corpo está muito aquecido. Se uma pessoa está fazendo uma atividade física em clima quente, é natural que seu corpo transpire, mesmo que essa movimentação seja de baixa intensidade. Na verdade, a atividade física em ambientes muito quentes pode até diminuir o gasto calórico, pois fica muito mais difícil a execução dos exercícios, o que prejudica a intensidade do treino.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.