05 julho 2013

Afine a cintura e perca peso com o bambolê!


Aquele brinquedo da infância pode te ajudar a ficar linda! Rodar o bambolê pode ser uma atividade aeróbica excelente para queimar as gordurinhas e ficar em forma sem precisar sair de casa. O exercício é relaxante e muito prazeroso, para você praticar as suas atividades físicas brincando… E você não precisa ficar só rodando o bambolê na cintura, existem outros exercícios que podem ser feitos com o objeto, trabalhando várias regiões do corpo.




Eu pesquisei e achei na internet varias matérias  sobre o assunto, olha o que um simples bambolê pode fazer...


Cinturinha de pilão...

Além de trabalhar a cintura, o bambolê trabalha todo a região do abdômen, deixando a barriguinha mais firme. "No vai e vem da brincadeira, a região abdominal é a que mais trabalha para deixar o círculo equilibrado, por isso os músculos se fortalecem e ficam durinhos"


Quer queimar calorias?

Existem vários tipos de exercícios físicos praticados com bambolê. O mais tradicional, onde a pessoa equilibra o círculo de plástico na cintura, é o de menos impacto e proporciona em média um gasto calórico de 40 calorias a cada 30 minutos. Já naqueles em que a pessoa pula entre os arcos, o gasto calórico chega a dobrar e os benefícios são maiores. "Quando exigem saltos, há um aumento da frequência cardíaca e pode-se perder até 100 calorias em 20 minutos"

Quadril soltinho só no bambolê!

Uma das principais indicações do uso do bambolê é para soltar os quadris. A exemplo da ex-miss Brasil Nathalia Guimarães, muitas pessoas aliam aulas de dança com exercícios de bambolê para deixar o quadril mais cheio de gingado. Segundo o personal trainer Edson Ramalho, isso acontece porque ao usar o bambolê, tiramos do centro de nosso corpo as tensões, fazendo com que a pressão comum no local vá embora e deixe o quadril mais soltinho.

Para Edson, aliar a dança com o bambolê é a melhor opção para quem quer fazer bonito na pista, mas não tem o requebrado natural dos pés de valsa de plantão. "O bambolê trabalha o equilíbrio do corpo sobre seu eixo central. Para equilibrar o círculo de plástico na cintura é preciso coordenação motora e muita ginga, daí o uso dele para treinar quem quer fazer bonito nas pistas e na avenida", explica. 

Pule de círculo em círculo e fique com as pernas durinhas.

Além de provocar maior gasto calórico, pular entre os arcos fortalece a musculatura das pernas e as deixa durinhas: "as pernas fazem força para se equilibrar nos círculos por isso ficam torneadas depois de um certo tempo de prática"
Coordenação motora e resistência de dar inveja

Para conseguir equilibrar o bambolê na cintura sem deixar cair é preciso muito equilíbrio e coordenação motora para aliar os movimentos do corpo todo em função do eixo central. "Imagine debruçar sua força no centro de seu corpo? É difícil mesmo e precisa de muita concentração até conseguir o equilíbrio", explica Edson. Já quando o assunto é pular entre os arcos, é a resistência física que conta. Quanto mais pique a pessoa tiver, mais vai pular e o gasto calórico será maior. Se você não tem lá aquela disposição ainda. 

Acalme-se!


É uma questão de tempo: "depois dos primeiros 15 minutos, o bambolê já funciona como exercício aeróbico e trabalha a frequência cardíaca e a resistência física. Para quem ainda não está com a corda toda, é só começar agora"

Gostaram da dica meninas? Eu já comprei o meu... hehe
No Youtube tem vários vídeos ensinado muitas sequencia boas para fazer em casa!

Beeeijos!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.