02 agosto 2016

Queda de cabelo, o que fazer para amenizar o problema...

Os cabelos servem não somente para a proteção do crânio, mas também são um importante adorno para o rosto. Toda e qualquer alteração sofrida pelos cabelos e couro cabeludo acaba influenciando também a autoestima e personalidade da pessoa.


A queda de cabelo feminina pode surgir por diversos fatores, inclusive emocionais, como o estresse e a ansiedade. Consequentemente, a calvície feminina pode originar, ainda, outros problemas de ordem emocional, tornando esta situação uma verdadeira bola de neve.

Veja abaixo algumas dicas para tentar driblar o problema da queda de cabelo, mas vale lembrar que é sempre bom procurar um dermatologista, só ele será capaz de identificar e tratar o problema...




Reduza o seu estresse
O estresse pode ser um dos responsáveis pela queda do cabelo, já que interrompe o crescimento do fio. Além disso, alterações no sistema imunológico causam inflamações no couro cabeludo, o que afeta o nascimento de novos. A melhor forma de tratar essa causa é relaxar, praticar exercícios físicos e ter uma alimentação equilibrada.

 Use sempre condicionador 

Não deixe de usar condicionador ou creme após lavar o cabelo com xampu. Eles facilitam na hora de pentear, além de tratar as madeixas.

Mantenha o couro cabeludo sempre limpo 

É normal o cabelo cair durante o banho. O que não pode acontecer é deixar de lavar o cabelo porque a sujeira no couro cabeludo também pode causar a queda dos fios.

Faça exercícios físicos 

Praticar atividade física também faz bem à saúde dos cabelos. Quando se pratica exercícios, se libera endorfina, o que alivia o estresse e, consequentemente, diminui a perda dos fios.

Cuidado com o consumo excessivo de álcool 

O consumo de bebidas alcoólicas aumenta a produção de radicais livres que podem promover uma inflamação em alguns tecidos, principalmente do couro cabeludo. “Dependendo da inflamação, pode haver o aumento da queda de cabelo. Além disso, o álcool faz com que o corpo exija um esforço maior para metabolização do etanol, o que gera um desgaste no metabolismo levando à queda capilar”, alerta a médica.

 Evite o cigarro

O cigarro tem a capacidade de produzir radicais livres em nosso corpo, o que facilita a queda capilar.

Fique atenta a automedicação

A automedicação pode ser um fator desencadeante da queda capilar, assim como também pode causar sérios danos à saúde. Evite tomar remédios sem a prescrição do médico.

 Poupe o seu tempo e garanta resultados

Não confie em receitas milagrosas para tratar o problema de queda de cabelo. Se você notou a perda de fios, procure um dermatologista para avaliar as causas e indicar o melhor tratamento.

Problemas hormonais 

O estado nutricional do paciente é muito importante, através de uma boa alimentação é possível tratar a queda e repor as vitaminas necessárias. Já os problemas hormonais estão entre os fatores mais comuns de queda de cabelo. “No caso de alterações hormonais, inúmeras podem ser as possibilidades de diagnóstico e tratamento. Por isso, é importante procurar um profissional para tratar o problema antes que se agrave”, aconselha a dermatologista. O estado nutricional do paciente é muito importante, através de uma boa alimentação é possível tratar a queda de cabelo.

Controle a ansiedade 

A queda de cabelo não cessa da noite para o dia. Deixe a neurose de lado.
Quando o cabelo cai devido ao aumento dos níveis de ansiedade, é preciso tentar alterar o estilo de vida.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.